NOSSA HISTÓRIA

Fundada em 1953 com o nome de “Sociedade de Proteção à Criança Excepcional” pela educadora Ester Assumpção, a entidade visava aprimorar o atendimento oferecido a crianças e jovens com deficiência intelectual ou mental matriculadas na rede pública de educação. 

Em 1962, Dona Ester ampliou sua atuação criando a Clínica São José, que além de oferecer tratamento de reabilitação, anexou-se a uma escola estadual de ensino especial, implementando classes de alfabetização, reforço escolar e educação de deficientes auditivos. A atividade da clínica era orientada para a reintegração social e profissionalização dos jovens atendidos.

Na década de 70, numa iniciativa visionária, Ester Assumpção conscientizou um grupo de pais sobre a necessidade de assegurar que no futuro, especialmente em sua velhice ou em sua falta, seus filhos com necessidades especiais tivessem seu cuidado assegurado e os conduziu a criar o departamento de adultos da APEX, uma residência coletiva, com estrutura física e estatutária para promover a assistência vitalícia a eles.

Muitos dos jovens que há quase 40 anos vieram morar na residência coletiva recém-inaugurada, ali permanecem até hoje, desfrutando de ótima qualidade de vida, apesar de não terem mais seus pais ou ainda para a tranquilidade daqueles que, em idade bem avançada, não estão mais em condições de lhes oferecer presencialmente os cuidados necessários.

Ester Assumpção e o Governador Aureliano Chaves na inauguração da residência coletiva